João Bosco vem a Cabo Verde

22:35




Sendo um dos músicos da MPB preferidos do gerente deste botequim, não poderia deixar passar ao lado a possibilidade de fazer aqui a publicidade de um grande concerto, com certeza. Não é a primeira vez que João Bosco vem a Cabo Verde. Em 1993 fez concertos na Praia, em São Vicente e no Sal, juntamente com Ivan Lins e Waldemar Bastos.

É assim que a 3B Produções traz esse artista, tendo ainda a intensão de trazer outros artistas no mesmo modelo de espetáculo. Recorda-se que Adriana Calcanhoto estreou esse género de concertos. Para a próxima, artistas como Alcione ou Caetano Veloso poderão ser convencidos a fazer o gosto ao ouvido dos mindelenses e praienses.


Eis a nota de imprensa da 3B produções:

Depois de ADRIANA CALCANHOTTO é a vez do cantor e instrumentista brasileiro JOÃO BOSCO atuar em Cabo Verde no âmbito da II ª edição do projeto BRASIL AO VIVO EM CABO VERDE. O artista fará dois espetáculos em Cabo Verde neste mês de Março. Os concertos, que serão promovidos pela empresa cabo-verdiana 3B Produções, estão agendados para os dias 17 (Mindelo) e 18 (Praia). Os bilhetes serão postos à venda a partir do dia 09/03 nos locais habituais.

Autor, compositor, cantor, guitarrista, João Bosco é um artista aclamado em todo o mundo por suas criações musicais, com uma assinatura muito pessoal.

A técnica da mão direita de João imprime um ritmo muito particular à sua música. Sua voz, cheia de alma, ainda canta melodias do Brasil com o sangue de escravos africanos em sua vaidade, e chora canções melódicas dos seus antepassados no Líbano. Nessa mistura étnica João Bosco revela-se um artista muito eclético. Nascido em Minas Gerais a 13 de Julho de 1946, João foi levado para o Rio de Janeiro pelo seu primeiro parceiro, Vinicius de Moraes. No Rio, foi apresentado pela primeira vez a Tom Jobim e Chico Buarque além de muitos outros importantes artistas brasileiros.

Durante a década de 1970 João conheceu o poeta Aldir Blanc, e juntos compuseram um vasto repertório. Muitas de suas canções são hoje considerados clássicos da Música Popular Brasileira. A música "O bêbado e o equilibrista" tornou-se o "Hino da Anistia" do Brasil, tornada famosa pela grande cantora Elis Regina. Outras parcerias viriam em seu caminho, resultando em muitas composições muito bem sucedidas que acabaram por fazer parte da banda sonora de várias novelas da Globo como “ Terra Dourada” – VALE TUDO “Memoria da Pele” – PANTANAL “Das Dores do Oratório – DIREITO DE AMAR”, “Indeciso Coração – QUATRO POR QUATRO” entre outras.

Atualmente, João está trabalhando com sua nova companheira e um filho, Francisco Bosco, um jovem poeta, intelectual e conhecedor de música brasileira. Durante sua extensa carreira, João Bosco atua nos melhores Festivais de Jazz em todo o mundo com seu concerto a solo, com sua banda, e com renomeados artistas e orquestras.

O produtor

Nuno Conceição

You Might Also Like

3 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images